Validação de identidade pelo celular abre novo mercado para operadoras de telefonia móvel

Oportunidade de geração de receita traz benefícios para empresas e usuários, reduzindo os custos e aumentando a segurança

Validar a identidade de seus assinantes para serviços de terceiros: este é o novo mercado a ser explorado pelas operadoras de telefonia móvel. A facilidade de já possuir os dados de seus usuários para confirmar a identidade é algo que interessa aos serviços de pagamento digital, como as empresas de cartão de crédito, por exemplo. Comparativamente, as taxas cobradas pelas bandeiras de cartão de crédito em lojas virtuais atualmente é três vezes maior para pagamentos remotos do que a cobrada para transações físicas. Isso se deve, sobretudo, às operações fraudulentas: somente nos EUA, no ano passado, estima-se o montante de US$ 10 bilhões em transações fraudadas via pagamentos remotos.

Caberia às operadoras de telefonia móvel ofertar um serviço de validação de identidade do comprador que atendesse aos requisitos das empresas de cartão de crédito que se igualasse a um pagamento presencial. Para tanto, estão programados testes para 2017 com gigantes do setor. Além disso, vale ressaltar que a telefonia é amplamente utilizada no incremento do nível de segurança de conta, o que seria de grande valia na confirmação de um segundo nível de autenticação. Essa segunda camada de autenticação seria similar a que utilizam hoje alguns bancos com o ‘token móvel’: para concluir uma transação, o cliente precisa interagir com seu aparelho mediante SMS ou QR code.

Como principais vantagens na adoção do celular para validação de identidades, a ubiqüidade e a mobilidade tornam este método promissor, uma vez que atualmente há quase 7 bilhões de linhas móveis no planeta. Some-se a estes fatores a possibilidade de gerenciamento remoto, a segurança e a redução de custos e teremos vislumbrada uma nova fonte de receita para as operadoras de telefonia móvel, além da estimativa de diminuição do ‘churn’ – taxa de abandono ou de cancelamento por parte dos clientes.

Voltar